Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

O pensar diferente do Papa Francisco

alvito.jpg

Às vezes sentimos passar por nós uma lufada de ar fresco, mesmo nos momentos mais escuros, como aquele em que nos encontramos, atordoados com a pandemia.

Ouvir um Papa dizer que os homossexuais também são filhos de Deus e que merecem o apoio das leis, no caso de constituírem família, é uma novidade inaudita para muitos. 

Glória a Deus nas alturas, será caso para dizer.

Por outro lado, assistir a uma missa de sétimo dia, numa igreja do distrito de Lisboa com lugares separados e marcados, com álcool gel na entrada e na saída, mas com os fiéis aos molhos a atropelar-se ao avançar para a comunhão, parece coisa mesmo a querer chamar o covid. Não poderiam as igrejas combinar com os paroquianos, uma forma diferente de partilhar a comunhão? Cada um trazia uma hóstia ou um bocadinho de pão de casa, que era depois abençoada pelo padre, em conjunto, e depois seria ali consumida no momento certo. 

Afinal a fé é que nos salva.

Mas pronto, já sei que vou ser considerada ímpia por muito boa gente.

Que mal fica a igreja católica na fotografia

presep mini.jpg

Fui educada como católica e hoje posso dizer que sou uma «católica pouco convicta», mas que guardo o devido respeito ao sentido da religiosidade e sobretudo acredito na máxima, «a fé consegue mover montanhas». 

Mas as recentes revelações de práticas repetidas de abusos sexuais e pedofilia na igreja católica,  fazem gelar o mais profundo de cada um de nós.

Fica por terra a pretensa superioridade da religião católica, e só posso dizer que muito mal se sai a igreja nesta fotografia. 

Sobre a investigação de tais denúncias e afastamento e punição dos culpados, temos de aceitar que mais vale tarde do que nunca. Agora continuar a defender o celibato dos padres e não aceitar a ordenação das mulheres, parece uma enorme falta de visão sobre este problema.  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D