Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Os nossos tesouros escondidos

vitral bucaco.jpg

O país está cheio de tesouros, cada vez menos escondidos é verdade, mas ainda há muito que descobrir.

A mata do Buçaco e o seu fantástico hotel, Palace, é um deles. 

Este local tem uma história curiosa, pois a mata esplendorosa que hoje podemos apreciar, foi criada pelos frades carmelitas descalços que durante os séculos 17 e 18, aí fundaram um convento e com dedicação, foram plantando as árvores e as plantas, muitas vindo do novo mundo, como forma de louvar a Deus. 

Em 1810, ocorreu nas encostas da mata, que nessa altura tinha vegetação rasteira, a batalha do Buçaco, decisiva no decurso da terceira e última invasão francesa, pois o marechal Massena deixou de ser o «filho querido da vitória», por ter sido derrotado pelas tropas luso-inglesas. 

Mais tarde, por iniciativa de Emídio Navarro, ministro das obras públicas, foi decidido aí construir um hotel palácio, ideia inovadora, por se situar no centro do país, tendo a construção começado em 1888 e chegado a ser inaugurado pelo Rei D. Carlos.

O arquiteto da obra, num pomposo estilo neo manuelino, foi o cenógrafo do teatro de S. Carlos, o italiano Luigi Manini, que também assinou algumas outras obras em Sintra.  

Como cenógrafo que era, aqui criou um espaço de sonho, com amplas varandas, terraços, escadarias, vitrais, esculturas e pinturas, cuja função é deslumbrar o visitante.

Deve ser por isso, que o local que eu conheci em miúda com os meus pais, e que era um local belo, mas isolado e sossegado,  está agora cheio de visitantes, e o hotel apesar de não reunir as mais modernas condições de hotelaria, continua a ser muito procurado.    

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D