Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

O jardim botânico de Lisboa

j botanico.jpg

Depois de alguns anos de abandono ou má manutenção, reabriu melhorado esta primavera, o velhinho Jardim Botânico, pertencente à Universidade de Lisboa, na Rua da Escola Politécnica, para os lados do Príncipe Real.   

Este jardim foi fundado em meados do século 19, como complemento escolar para o estudo da botânica. Vieram de terras longínquas, exemplares e sementes de plantas de todas as colónias do país. Para algumas foi fácil aclimatarem-se e reproduzirem-se na cidade. Como exemplo bem sucedido desta aclimatação, lá está um magnífico dragoeiro, quase à entrada.

Paga-se 3 euros para visitar, o que não se pode considerar barato, porém para uma família, dois adultos e duas crianças, o preço é de 7,50 euros. É um bonito recanto de Lisboa antiga, com bastantes visitantes, nacionais e estrangeiros, onde se ouvem os passarinhos, o vento nas ramagens, e se observam os recantos, os lagos e os diferentes verdes, muito verdes.

Por bons momentos, conseguimos esquecer que estamos no centro da cidade.    

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D