Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

O cágado e a liberdade

ria formosa.jpg

Um meu antigo colega, pescador à linha nas horas vagas, quis oferecer um dia, aos meus filhos, então ainda crianças, três pequenos cágados.

Ao que me explicou, os cágados eram «pescados» agarrados ao isco, nos rios ou lagoas, por onde andava, sobretudo na zona saloia.

Dos três iniciais, já só nos chegaram dois, pois parece que um deles terá escapado no transporte.

Os meus filhos adoraram. Fomos a uma loja de animais, comprar um terrário e comida adequados.

E os bichos foram um sucesso, pelo menos durante alguns meses. Comiam, dormiam, mergulhavam e podiam andar de mão em mão.

Porém, um dos animais, começou a ter o que parecia ser uma infeção num dos olhos e depois no outro olho e apesar dos tratamentos indicados na loja, apareceu morto em pouco tempo.

Mas ao menos, ainda restava um. Eis senão quando, surge num dos olhos do sobrevivente, o que parecia ser a mesma inflamação.

Foi então, que falei com os rapazes, «se eles gostavam do bicho, mais valia devolvê-lo ao seu meio ambiente, onde pudesse crescer saudável, pois era a sua melhor hipótese de sobrevivência».

E assim fizemos.  E apesar dos anos, ainda hoje me lembro da reação do animal. Colocado no chão nas margens de um riacho, o Lizandro, parecia nem querer acreditar que estava a voltar à sua liberdade. Primeiro, mergulha com cautela a cabecita nas águas correntes e depois o corpo todo, e só então, suponho que satisfeito, se afasta para sempre a nadar rapidamente.  

E desta vez, não houve prantos nem lamurias por parte das crianças.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D