Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

O almoço das manas

centro flores.jpg

Acabámos de nos sentar à mesa para um almoço rápido e pouco frequente. Lá estavam os queijinhos frescos e a saladinha de tomate, o chá frio com rodelas de limão, tudo bem apetitoso.

Tocaram à porta. Levantei-me e fui atender. Era a vizinha do quinto que não conseguia tirar o carro da garagem pois a porta não abria. Fui lá abaixo. A porta não abria mesmo e também nem eu nem ela tínhamos connosco o comando do portão da garagem. Estavam os dois inacessíveis dentro dos carros.

Bem, porventura algum dos vizinhos da loja fosse gentil e conseguisse abrir o portão com o comando dele.

Assim foi.

De novo retomado o almoço e a conversa das manas.

Nova campainhada. Desta vez, era a senhora da limpeza do prédio, que tinha ficado sem conseguir entrar porque não sabia onde estavam as chaves. Talvez nalguma porta. Talvez na garagem.

Lá desci de novo. Procurámos as chaves. Estavam por dentro na porta da garagem. Eram elas que impediam que a porta abrisse por fora. 

Assunto resolvido e almoço e conversa retomados no ponto certo.

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D