Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Noticias das termas

termas.jpg

 

 

Foi depois do jantar, num hotel de termas, numa sala com música ao vivo, onde alguns pares dançavam.

Um casal, rodeado de filhos e netos, comemorava os seus muitos anos de casados.

De repente a neta, sugere ou ordena, em tom imperioso, «avó esta música já podes dançar...» .

Não havia como escapar.

Levanta-se o avô, com pequenos passos vacilantes, deixando de lado a canadiana.

Levanta-se a avó, esquecida das artroses nas ancas que a obrigam a andar curvada.

Dirigem-se sozinhos para o meio da sala, aos sons do tango da altura.

E assim dançaram abraçados, sorridentes e felizes, ele sem canadiana e ela quase direita.

Amparados um no outro, no tango como na vida.

Na sala rompeu uma ovação sincera, talvez pelo aniversário, talvez pela cena que todos tínhamos presenciado.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D