Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Há turistas a mais?

azulejo.jpg

Andam para aí umas vozes muito incomodadas a queixarem-se dos turistas a mais na cidade de Lisboa. Na verdade, na Baixa, no centro histórico, e nos grandes monumentos vemos muita gente, sobretudo nestes últimos, com filas para entrada.

Mas há muito mais para ver em Lisboa, no Porto e nos seus arredores e pelo país fora. 

Porque não a divulgação de percursos alternativos? 

Em vez do acanhado Aeroporto da Portela, porque não deitar as mãos, ou melhor dizendo as asas, ao novo aeroporto de Beja, semi-abandonado, suponho, e disponibilizá-lo para certos tipos de voos? O Alentejo só por si, tem muito que ver, e com transportes regulares, a incentivar, e as boas estradas existentes, chega-se a qualquer lado.   

Podem as redes sociais fazer um esforço para ajudar a criar e divulgar destinos turísticos menos conhecidos, menos procurados e menos saturados.

Sei lá, mas neste pequeno país, há sempre tanto para ver por todo o lado.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Amélia 26.09.2017 08:23

    Obrigada pelo seu comentário. Eu também acho que se deve é diversificar. O país é pequeno mas tem muito para ver e a comida é deliciosa em quase todo o lado. .
    As Beiras, Alentejo, Trás os Montes e por aí fora acordem e vão à luta, divulguem as vossas belezas. As redes sociais são boas para isso.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D