Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

E os «camones» continuam a chegar

onda.jpg

 

Com o calor os «camones» continuam a chegar.

Domingo de manhã. Pequena padaria com forno e pastelaria, apinhada de gente, uns a comprar pão, outros a tomarem o pequeno almoço ou os cafés e lanches da manhã.

Uma senhora estrangeira para além do pão, disto e daquilo que vai levar, pergunta ainda, se «tem bolim do bolim sem creme.»

O sotaque é terrível.

O miúdo que, para desenrascar está a atender, ainda adolescente e atrapalhado, não entende.

Grita do lado o irmão mais velho, que com uma cotovelada rápida o afasta, «não ouves mouco, bola de berlim sem creme.» 

A senhora alto e bom som, desabafa, «parece que nem estou a falar português!»

Pois na verdade não parecia, mas aqui é sempre a aviar porque o cliente tem sempre razão.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D