Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Domingo de Páscoa na aldeia

arraiolos 3.jpg

Já se passaram alguns anos. Já cá não estão alguns dos intervenientes da história, como a avó, que entretanto partiu. Mas ainda hoje a família se consegue rir deste episódio.  

Saíram de Lisboa cedo, para ir passar o domingo de Páscoa, almoçando com a família no Alentejo.

No carro, o casal, o menino e o cão, cachorro ainda.

Porém, assim que chegaram à aldeia, gerou-se o caos.

O cão foi o primeiro a saltar do carro e correu a ladrar ameaçador atrás de umas galinhas. Uma das galinhas vem a morrer, talvez do susto, ou das pisadelas, nunca se soube, no meio da confusão.

Os donos gritavam para o cão ficar sossegado, a criança chorava com tanta agitação e a avó chorou pouco depois, quando se apercebeu, que se tinha finado a «sua melhor galinha poedeira».

Enfim, histórias da Páscoa, que ainda fazem rir a família.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D