Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Contra o desperdício

tronco.jpg

Combater o desperdício devia ser um dos lemas das nossas vidas e já agora também das nossas instituições.

Pedem-nos sacrifícios, cortam regalias, aumentam os impostos e ninguém se lembra de aproveitar devidamente aquilo de que dispomos, aquilo que é nosso?

Eu explico melhor. Existe um museu MUDE, na baixa de Lisboa, que pertence à Câmara Municipal, de entrada gratuita.

A Câmara está assim tão bem financeiramente que possa continuar a manter esta gratuidade? Porque não cobrar a entrada, por exemplo, a partir de uma certa hora ou para uma exposição, em concreto?  

A maior parte dos visitantes são turistas, será que não podem pagar pelo menos um euro, dois euros, para entrar?

Também o CCB em Belém, um dos locais mais visitados, é gratuito há muitos anos. Porquê?

Conheço uma bela praia na Ericeira, com umas instalações desativadas, um antigo matadouro, que poderiam ser aproveitadas para um bom apoio de praia, ou dadas de concessão a privados para exploração, mas que servem de arrumação de carros e caixotes de lixo da Junta de Freguesia.

Como estes, há milhares de exemplos. Ora, seremos assim tão ricos, enquanto coletivo, para desaproveitar os bens públicos de que dispomos?   

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D