Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

As coisas bonitas que aparecem nas nossas paredes

parede.jpg

 

Tanta coisa linda na cidade de Lisboa, parece que a cada canto surge sempre uma surpresa agradável.

Os bairros antigos estão a dinamizar-se rapidamente, a recuperar casas, a abrir lojas, hotéis, hostels, turismo local, «tuc tucs» por todo o lado. Muitos postos de trabalho tem sido criados, não nos podemos esquecer.

Há quem ache que se corre o risco da descaracterização, de gente a mais, de turistas indesejáveis, de confusão e por aí fora.

Mas sinceramente, alguém poderá preferir a pasmaceira de, digamos, há menos 10 anos, as casas a cair, o comércio a agonizar e a fechar  e o centro da cidade constantemente a desertificar. 

Claro que como em tudo poderá haver alguns excessos, mas a mudança e o arejamento na cidade tem sido uma benção. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D