Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

A fábrica de loiça de Sacavém

cavalinho.jpg

Qual o português ou portuguesa, que não se lembra de ver, nas casas dos avós ou dos pais, ou até de possuir, uma peça, ou mais, da famosa loiça do cavalinho? Havia pratos, terrinas e chávenas em diversas cores e com diferentes motivos, mas o mais conhecido era sem dúvida, o cavalinho. Além da loiça doméstica foram também produzidas loiças sanitárias e azulejaria.

Recordo igualmente um dos populares slogans da altura, «Sacavém é outra loiça.»

Hoje, muitas destas peças são disputadas por bons preços, por colecionadores.

Mas a fábrica que surgiu em 1850, acabou por ser declarada falida em 1994, tendo os seus bens sido vendidos em hasta pública, entre os quais os muitos hectares de terreno onde se inseria, que deram origem a uma nova urbanização em Sacavém . 

Resta-nos agora o Museu de Cerâmica de Sacavém, que cresceu por iniciativa da Câmara de Loures, no local e em torno de um dos seus antigos fornos e onde se pode apreender um pouco da história da fábrica e ver ou relembrar algumas das diferentes decorações.

museu sacavem.jpg

 

sacavem.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D