Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Sarampo, sarampelo

azule.jpg

Outrora dizia-se, «sarampo, sarampelo, sete vezes vem ao pelo», como forma de justificar a diversidade de doenças infantis causadoras de exantema, ou as tais pintinhas ou bolhinhas.

Anos de investigação e de investimento, resultaram em vacinas eficazes e de distribuição gratuita. O sarampo está «quase» erradicado no mundo desenvolvido.  

Claro, que em vários países ainda morre muita gente com esta doença. E escusadamente choramos hoje, a morte de uma menina portuguesa com 17 anos, não vacinada.

Por uma opção da sua família, com certeza, agora amargamente arrependida. Surgiu uma corrente a defender que algumas vacinas podiam desencadear o autismo. Talvez, haja alguma relação, não se sabe.

Mas uma coisa é certa, uma simples vacina poderia ter evitado esta morte.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D