Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Olha que simpatia

canada.jpg

A ideia é incentivar o arrendamento, dizem. Por isso, algumas Câmaras Municipais aprovam medidas de redução do IMI, Imposto Municipal sobre Imóveis, para as casas arrendadas, mas terá de ser o senhorio ou proprietário, a requerer anualmente esta redução, durante o mês de Novembro. As Câmaras enviarão depois estes pedidos ao Fisco, que é a entidade que liquida o imposto. 

Até aqui tudo bem. Porém são exigidos aos proprietários vários comprovativos, que o Fisco já dispõe, entre os quais cópia de certidão da conservatória do Registo Predial emitida há menos de um ano, ou código de acesso à certidão permanente.

Tudo isto tem custos. Custos que muitas vezes não compensam a redução do imposto.

Para quê, então exigir tais comprovativos? Só para fingir que se fez uma redução? Será que a famosa «modernização» não pode simplificar esta coisa? 

Quando a esmola é muita o pobre desconfia, olha que simpatia, pois então.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D