Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

O fogo dos infernos

lareira.jpg

Parece que o temível fogo dos infernos escolheu o nosso país para nos atormentar, ceifar vidas e destruir bens.

Dois dias de pesadelo, com mais de cem vítimas mortais, em cerca de quatro meses, não podem ser considerados normais. 

A prevenção dos incêndios deve ser considerada um desígnio nacional. Tendo sido, este ano, tristemente, o país da Europa com maior área ardida, desde logo devemos tentar aprender com outros países, que também enfrentam a desertificação, a seca, e as altas temperaturas, como fazem para lidar com este problema.

Podem ajudar, o uso de câmaras de vigilância ou drones, a formação e o equipamento dos bombeiros, ou de vigilantes, as técnicas de corta fogo, a limpeza do mato compulsiva, ou pelos proprietários ou pelas autarquias, e legislação muito mais severa para os prevaricadores ou incendiários.

Que o fogo se confine às tradicionais lareiras, é o que se deseja.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D