Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Notícias da Grécia, gregos e troianos - colaboração de Suzana Toscano

O nascimento da minha neta luso-grega, aqui em Atenas, correu bem, mas a questão do nome tem sido a mais complicada. Quem diria, podem pensar os incautos, pois se há tantos nomes em comum!, e escusam de desfiar Helena, Cristina, Sofia, Ana, Irene, Elisa, Anastásia e mais um ror deles. Escusam, porque o maior obstáculo é mesmo a terrível «tradição», a qual é devidamente acompanhada pela atuação concertada da família, uma instituição muito poderosa aqui nestas paragens.

Diz então a tradição que o filho terá o nome do avô paterno e a filha o da avó paterna (os avós maternos não entram na tradição nem os apelidos ficam no registo) o que, no caso, levaria a que a minha neta se chamasse ...Antígona! E dito assim, nem parece tão mal, já estou por tudo, mas haviam de ver a complicação da escrita, cheia de ditongos impronunciáveis, de tal modo que, mesmo depois de tanta convivência, ainda não consigo dizer ou escrever o nome duas vezes seguidas da mesma maneira. Definitivamente, não!

Além disso, aqui não autorizam mais do que um apelido ou seja, o do pai. Em regra, os gregos têm apenas um nome próprio e o apelido do pai, lá ficava varrida a origem portuguesa do nome da garota! Estava quase decidido que ficaria então Laura, lindo nome português do agrado dos pais mas, claro, impossível, disse a avó paterna a cortar cerce o desvario. E não podia, porque aqui o nome de Laura é italiano e, como tal não existe no cardápio dos Dias do Nome. Ora, o Dia do Nome é mais celebrado do que o dia do aniversário, por isso a menina ficaria privada desses festejos e muito penalizada junto dos amiguinhos gregos que andarem com ela na escola....

Passaram nove meses de discussão e amuos, mais três dias sobre o nascimento da miúda, finalmente houve fumo branco, fica Zoí Maria, Zoí significa Vida, Maria é a portugalidade assumida, agradou-se a gregos e lusitanos, mas não me perguntem como se escreve, se com «e» se com «i», se com acento ou sem ele, porque já ouvi tantas versões...(suspiro).

Filaki Filaki (beijinhos).

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D