Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Museu dos Coches

coche oceanos.jpg

Ainda não tinha visitado o novo Museu dos Coches. E apesar de me fazer lembrar, por fora,  um grande caixote de betão, fiquei deslumbrada com a riqueza da sua coleção. Ou seja, os coches não perderam nada por estarem dentro daquelas despojadas paredes de cimento. Sem dúvida, ganhou-se mais espaço, melhores condições expositivas e de iluminação e as peças sobressaem na sua beleza.  

E aqui fica um pormenor de uma das suas obras primas, o coche dos oceanos, que integrou a embaixada que o rei D. João V enviou ao papa Clemente XI, em 1716, há cerca de 300 anos, e na sequência da qual o papa elevou o bispo de tal monarca, à categoria de patriarca, passando a cidade de Lisboa, a ser considerada uma das três cidades patriarcais. As outras são Roma e Veneza.

Entre os visitantes do Museu estava um grupo de adolescentes e ouvi de um deles, o seguinte comentário, que me fez sorrir: «Olha o «Air Force One», da altura.»

Podemos bem imaginar o que seria o desfile destes belos coches, puxados por várias parelhas de cavalos pelas ruas das cidades dos séculos XVII e XVIII. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D