Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

Muros, solidão e velhice

muro musgo.jpg

Muitos idosos vivem em grande solidão e falta de apoio e nem sempre por insuficiência económica.

Conheço uma senhora sozinha, no interior do país, apenas com sobrinhos netos, todos a viver longe. Tem perto de noventa anos e vários problemas de saúde, entre os quais fratura do colo do fémur. Seguiu-se cirurgia, fisioterapia e lá foi recuperando.

Assim, que se sentiu melhor quis logo voltar para a casa dela, que era dizia, onde se sentia bem. Pois quem é que não quer? O problema está em saber se estão reunidas as condições.

Recentemente, uma das sobrinhas netas foi alertada quanto ao estado da tia.

Tinha caído, alguém a sentou no sofá, mas agora não se mexia, nem falava.

Lá acudiram e chamaram o médico. Este foi de opinião, que não seriam precisos exames, nem internamentos, mas que a senhora se encontrava assim, por falta de alimentação adequada.

Uma tristeza, na verdade, que alguém, chegue a esta idade, e não tenha ninguém por perto para ao menos, lhe levar um prato de sopa, um copo de água, ou o que for. 

Neste caso, a família ainda foi a tempo de tomar providências e contratar ajuda para a idosa, apesar da resistência desta, que está agora francamente  a recuperar, mas quantas situações conhecemos nós, em que por abandono, negligência, falta de dinheiro, os idosos entram em subnutrição.   

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D