Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

A semana de Fátima

fatim.jpg

A fé não se explica, sente-se ou vivencia-se, ou não se sente, nem se vivencia. Pode surgir em qualquer momento das nossas vidas, pode fugir, quando menos se espera, mas é considerada um dom.

Olhar para as fotos de Fátima e dos pastorinhos, há cem anos atrás, crianças pobres, descalças, não escolarizadas, a trabalhar nos campos áridos, para ajudar a dar de comer às suas enormes famílias, faz-nos refletir. A história tinha tudo para se diluir ou desaparecer no esquecimento e tal não aconteceu. Logo naquele ano de 1917, se impôs a ricos e a pobres, a autoridades, a religiosos e a leigos.

As fotos da época, não enganam, nelas aparecem as senhoras de chapéu e casaco comprido e as mulheres do povo com xaile e lenço na cabeça, os homens com colete a mostrar a corrente de ouro do relógio de bolso e os trabalhadores do campo, alguns descalços, outros com cajados, com os seus barretes  e roupas campónias. 

E Fátima continua a impor-se até hoje, porque a sua mensagem é universal, atravessa continentes, cruza religiões. É uma mensagem de esperança, apelo à paz entre os povos e à união das famílias. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D