Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

A morte escondida

muro.jpg

Nas nossas sociedades a morte é uma realidade cada vez mais escondida, como se a quiséssemos negar. 

Ora não há nada mais certo do que a morte dos seres vivos.

Vem isto a propósito de uma peça apresentada recentemente num dos nossos telejornais, onde se mencionava a morte de uma paciente, obesa, grande fumadora, e com problemas respiratórios, na sequência de um exame médico, que, ao que parece, correu mal.

Eram entrevistadas duas familiares indignadas. A indignação, a dor e a revolta da família, compreende-se bem. A doente entrou para fazer um exame e já não saiu. Penso, contudo, como leiga, que qualquer exame mais ou menos invasivo pode correr mal.  

Agora, já não se compreende, a não ser como «reality show» ou «lixo televisivo», a razão de ser da reportagem, ainda para mais passada num telejornal. 

É isso que os telejornais pretendem ser, o vale tudo para captar audiências?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D