Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ninguém é feliz sozinho

Ninguém é feliz sozinho

A fila para o bufete

bufete.jpg

Gosto de bufetes. Apesar de reconhecer que a comida pode não ser muito variada ou criativa, pois habitualmente, nos pratos quentes, o peixe é um bacalhau qualquer coisa e a carne, um lombo assado, gosto de ver as cores e as variedades apresentadas, sobretudo nas entradas e nas sobremesas. 

No outro dia, calhou-me mais um bufete. Havia uma mesa redonda ao canto, com aspeto festivo, com alguns convivas, de idade mais avançada e também como é costume, quando se sobe na faixa etária, mais mulheres que homens.

Na fila para o bufete, estavam à minha frente algumas dessas senhoras a servirem-se da sopa. Uma delas levava na mão esquerda um prato de sobremesa enquanto a mão direita se dirigia para a terrina da sopa.

Percebendo que a coisa poderia correr mal, coloquei-lhe com rapidez, em cima do prato de sobremesa uma tigela de sopa, para onde a senhora verteu a dita, agradecendo então, entre risos e brincadeiras de todo o grupo.

«Ai, a minha cabeça, ai o que eu ia fazer», dizia a senhora. Todos nos rimos.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D